Destination Wedding: Como planejar seu casamento no Havaí

11:26:00

Há dois meses atrás vivi um dos dias mais felizes da minha vida: Me casei no Havaí. Ainda que eu não seja a louca do perfeccionismo, comecei a planejar o grande dia com seis meses de antecedência .
Pra quem me perguntou como decidimos nosso Destination Wedding, foi depois de uma conversa despretensiosa sobre nossas viagens depois de ir embora da Austrália.
Quando o Gerard me pediu em casamento em janeiro de 2016, a primeira coisa que eu pensei que seria difícil a gente se casar no Brasil ou na Espanh porque alguém dos nossos amigos ou familiares ficaria de fora. Depois convenhamos que fazer um casamento com muitos convidados é um gasto muito grande que nós preferimos investir em viagens. Como já estávamos planejando ir pro Havaí depois da Nova Zelândia, pensamos logo em unir nossa viagem a ilha e a celebração do nossos casamento.


Se casar no Havaí é provavelmente o sonho de muita gente

Paisagens bonitas não faltam

Waimea, uma das praias mais famosas de North Shore


Por onde começar?


Bom, quando decidimos que nosso casamento ia ser mesmo no Havaí, começamos a olhar em que ilha queriamos celebrar o nosso dia.
Depois de descartar ir para Kauai e Maui, decidimos que era na ilha principal Oahu, que faríamos a cerimônia. Em seguida, comecei a pesquisar agências ou hotéis que podiam nos ajudar no planejamento.
Foi aí que eu encontrei a Hawai Eco Weddings. A Elaine (manager da empresa) me passou recomendações sobre locais para celebrar a casamento, preços, clima e todas as informações e detalhes que precisava saber.
Além disso a Elaine é brasileira, o que facilitou muito a nossa comunicação. 
Não precisei nem comparar muito pra saber que a empresa dela seria a mais indicada para realizar nosso casamento no Havaí.


North Shore vista lá de cima


Dia, hora e lugar

Oahu é muito grande e existem milhares possibilidades para celebrar um casamento. Waimanaloo tem um azul espetacular que a transforma em um cenário quase perfeito, Kahala Beach também  era outra opção que tinha cogitado por ser mais reservada, mas eram as praias de North Shore que estavam no topo da nossa lista. Só descartamos Waikiki por ser muito cheia e badalada.
Depois de comentar com a Elaine o nosso desejo de casar com o pôr-do-sol como testemunha, ela logo nos recomendou Haleiwa no norte da ilha.
Com a hora e o lugar definidos era hora de decidir o dia. Como chegaríamos no Havai perto do meu aniversário,  decidimos que casar no dia 24 de janeiro seria a data perfeita. Até porque há um ano atrás na mesma data, o Gerard tinha me pedido em casamento em Melbourne na Austrália.


Uma das belas praias de North Shore

Haleiwa, nossa praia

O vestido

A quem interessar possa, eu comprei meu vestido na internet. Acreditem se quiser. Fiz a compra numa loja online chamada Revolve, que entrega na Austrália, nos Estados Unidos e na Europa. A marca do meu vestido é inglesa, paguei um preço bem camarada e me entregaram tudo em perfeito estado. 
Na época que estava escolhendo meu vestido, sabia que teria que recorrer as lojas online porque com o inverno na Austrália e vivendo em um povoado que só tinha lojas de surf, seria difícil encontrar o que eu estava procurando com um preço razoável. Li muitos relatos de gente que teve más experiencias comprando por internet mas na minha opinião foi uma das melhores coisas que fiz. O meu marido conseguiu tudo que queria em uma das lojas de surf de Margaret River. Simplicidade é o nosso lema. 




  

Detalhes 



A Elaine da  Hawaii Eco Weddings, nos ofereceu três tipos de Pacotes, em todos são eles estão incluídos serviços como planejamento, organização, execução da cerimônia, além do oficiante de casamento e champagne. O Buquê, a haku ( coroa de flores) e a lei para o noivo e a noiva também entram em todos os pacotes. Detalhes como a decoração da praia com diferentes tipos de arcos, fotógrafo, vídeo e preparação da noiva são serviços adicionais, assim como making off do casamento, músicos e dançarina de ula. Isso tudo vai depender de que serviços você vai querer pra o seu grande dia.
Eles geralmente realizam a cerimônia em portugês e inglês, mas a Elaine atendeu super bem o meu pedido especial de realizar a cerimônia em espanhol, já que é o idioma que eu e meu marido nos comunicamos.
Pra quem tem dúvida se o casamento no Havaí tem validade, tem sim. Você só perderá mais tempo (e dinheiro ) pra fazer toda a documentação.



Flores, coroa e leis.

Como já disse aí em cima não fui nada perfeccionista, mas como o meu vestido era amarelo e não   queria a típica coroa cor de rosa, passei as ideias de cores de flores que tinha pra Elaine. Me supreendi quando recebi meu buquê e coroa. Não podiam ser mais perfeitos. Fiquei apaixonada com as cores e os detalhes. Ah, as flores eram todas naturais e duraram até o fim da nossa estadia no Havaí.




Fotografia, video e música. 

Antes mesmo da cerimônia, passei pra Elaine as músicas que gostariamos que fizessem parte do grande dia. A Hawaii EcoWeddings cuidou de todos os outros detalhes como contratar um produtor de video e o fotográfo.


Pra terminar, sempre pensei que organizar um casamento seria uma dor de cabeça, especialmente quando você quer celebrar-lo em outro país. O fato de não ter convidados, de ser tudo feito de maneira bem simples, com os pés na areia e com a nossa cara, fez com que tudo tornasse mais fácil. Escolher uma empresa que te ajude também é importante pra que sua única preocupação no dia do seu casamento seja desfrutar e usufruir de cada segundo.





You Might Also Like

0 comentários

Fazemos parte