Coisas que eu me arrependo de ter feito no Sudeste Asiático

22:48:00

Já diz o ditado: Errar é humano. E errar enquanto se viaja é mais humano ainda. Teve coisas que eu fiz enquanto viajava pelo Sudeste Asiático completamnete nonsense. Foram principalmente atrações turísticas que não deveria ter visitado, dessas que dá  vergonha de dizer que foi. Pensando nisso relsovi fazer esse post para tentar minizar a cagada os erros que eu fiz, aconselhando você a não fazer o mesmo.


Nem tudo no Sudeste Asiático é lindo...

Visita ao Templo dos Tigres- Kanchaburi-Tailandia

Estive na Tailâdia em 3 ocasiões, das duas primeiras vezes que visitei o país confesso que fiquei com curiosidade de visitar o templo dos tigres. Mas acabei desistindo por vários motivos. Deixei passar. Até que na minha última viagem com o Gerard a Bangkok em 2014 decidimos ir até lá. O principal motivo foi o fato da gente querer visitar a Ponte Sobre o Rio Kwai e o Mercardo Flotante e o tour incluir a visita ao templo. Eu não minto para vocês que ficamos tanto em dúvida que passamos uma tarde inteira lendo blogs e opiniões em TripAdvisor para tomar uma decisão. Eu não sou fã de site de opiniões porque o que foi bom para você pode ter sido péssido para mim. 50% dos comentarios diziam que a experiência tinha sido horrível, a outra metade dizia ter gostado e não ter visto vestígios de maltrado. Um blog mencionava que varios orgãos competentes haviam ido ao local e não haviam encontrado irregularidades, outros diziam que o templo estava a ponto de fechar as portas por não cumprir as regras necessárias para ter os tigres nos templos. Com esse turbilhão de informações, caímos no erro de ir assim mesmo.

  
Passeamos pelo recinto até encontrar voluntários que cuidavam dos filhotes, vários turistas questionavam o fato os tigres serem tão mansos. Uma voluntária espanhola disse para gente que levava três meses trabalhando no Templo e que estava amando a experiencia de cuidar-los e até nos perguntou:
Você acha que eu trabalharia de graça para um lugar onde maltratan os animais?  Eu sou veterinária. Jamais permitiria isso” 
Outro voluntário americano pedia cuidado para um grupo de asiáticos que queriam 300 fotos com um filhote. Eles me pareceram bem sinceros e bem carinhosos com os bichos e me questionei se eles também não estavam sendo enganados pelos monges do templo.
Mas o que me chocou de verdade foi ver vários tigres adultos num recinto pequeno, amarrados, rodeados de gente e sem se moverem praticamente.
E como não gostei nada da experiencia e me arrependo redondamente de ter ido até lá, sequer fiz post sobre o templo. Porquê? Muito simples, porque me não recomendo aquele tour a ninguém.


*Enquanto preparava ese post soube que o Templo dos tigres havia sido fechado após autoridades encontrarem tigres mortos e congelados. Mais vergonha me dá de ter contríbuido para ese tipo de atração turística.


Visitar a Aldeia das mulheres girafa-Chiang Mai-Tailândia

Outra “atração” que eu fiquei bastante arrempendida de ter ido foi a aldeia das mulheres girafas em Chiang Mai. Eu tenho uma amiga em Barcelona que viaja há anos para encontrar tribos ao redor do planeta, ela disse que já fez treekings de vários días pela África, pelo Tibet, pela China para visitar tais tribos. A primeira viagem da vida dela foi à Tailândia e ela me contou que nos anos 80 chegar a tribo das mulheres girafas eram necessários 3 dias de caminhada até o nordeste do país, mas que agora tudo tinha mudado.
Na minha opinião não há nenhum mal em visitar tribos ao redor do mundo desde que você não tente adaptar o modo de vida deles ao seu conforto. Preservar suas tradições é tão importante quanto verificar se seus países de origem seguem regras dos direitos humanos para que esses povos possam ter acesso a educação e saúde. O que não é o caso da tribo que visitamos. Eu não me sentí num zoológico humano como muita gente costuma dizer, ao contrario, acho que visistar uma tribo de verdade deve ser uma experiencia e tanto. O que realmente me incomodou foi quando eu soube que aquelas mulheres eram proibidas de sair das suas aldeias e que se por algum motivo desistissem de colocar as argolas em seus pescoços paravam de receber ajuda do governo. E o fato de sua aldeia ser explorada para o turismo, elas passam a ser exploradas também.



Repartir arroz aos monges na Ronda das Almas- Luang Prabang-Laos

A Ronda das Almas é uma das coisas mais bonitas que vi no Laos,  ver aqueles monges a primeira hora da manhã arrecadando alimentos me trouxe uma paz incrível. Minha experiência poderia ter sido magnífica se que eu me sentasse em frente de uma das várias casinhas de Luang Prabang e fotografasse de maneira discreta a passagem dos monges. Mas não. No camino a rua principal da cidade havia muita gente vendendo arroz para que os turistas comprassem e participassem da cerimônia. Eu meio sem pensar, comprei e me ajoelhei para repartir tal alimento junto com os moradores locais. Passado alguns minutos fiquei me perguntando que raios estava fazendo. Eu nem sabia direito o significado daquela caminhada e me sentí no direito de me ajoelhar e repartir um punhado de arroz para aqueles monges? What a shame!


Andar de Elefante em Krabi- Tailândia

Atrações que envolvem animais sempre me dá medo. Simplesmente por tentar respeitar o espaço deles.
Nossa visita a Krabi na Tailandia em 2011 foi bastante desastrosa principalmente por causa das chuvas e como quase todos os tours haviam sido cancelados caímos na besteira de pegar um tour que incluia um passeio de elefante.


Outra experiencia horrível, nós demos um passeio de aproximadamente 30 minutos pela selva com dois casais, cada um com um elefante diferente. Aqueles 30 minutos foram eternos, porque a única coisa que quería fazer era descer. Aqueles animais pareciam maltratados e adestrados, o que significa que muitas vezes que foram afastados da sua manada para servir de atração turística. Poucos passeios com Elefantes são recomendados, até porque eles nao estão feitos para carregar pessoas na sua coluna. Felizmente soube, na última vez que ao país em 2014, que o várias organizações têm tentado resgatar animais do adestramento e dos maltrados. O Elephant Nature Park é um dos únicos que escutei boas recomedanções.



E você? Se arrepende de ter feito alguma coisa nas viagens?

You Might Also Like

0 comentários

Fazemos parte