Vaidade e Mochilão: Como lidar?

02:18:00

Hoje conversando com uma amiga do trabalho que está planejando uma trip pelo Sudeste Asiático, surgiu a pergunta: Como ser mulher com uma mochila de 15 kg nas costas e viajando por 3 meses?
Como dar conta de depilação, TPM, cólica, cabelo e todas essas coisas fazendo um mochilão?
Dificil lidar, não é mesmo? 
Eu nunca me considerei a mulher mais vaidosa do planeta mas levei algumas coisas em consideração antes de viajar com minha mochila por aí.


Tchau vaidade!


Cabelo: Meu cabelo é afro, e eu sempre amei ele, mas pra quem acha que ter um cabelo à la Vanessa da Mata não dá trabalho é porque sempre teve cabelo liso. E foi por questão de praticidade que comecei a alisar meu cabelo. É mais fácil de pentear, de cuidar em lugares de praia e o melhor de tudo é não ter que viajar carregada de cremes. Ainda que eu tenha saudades dos meus cachos, agora perco muito menos tempo tentando domar a juba. Lenços, grampos e borrachinha são suficientes.


Com os meu cachos pela ilha de Sardgna na Itália

Minha primeira viagem já com os cabelos lisos. 

Unhas: Sou daquelas maniáticas que faz as unhas uma vez na semana, mas também tenho a sorte de nunca gastar dinheiro na manicure. Eu mesma faço as minhas unhas há anos e um alicate, uma lixa, uma base e 2 esmaltes me deixaram tranquila durante meu mochilão pelo Sudeste Asiático nos quase 3 meses que viajei por lá..

Depilação: Há que recorra a depilação a laser como solução. Eu estava acostumada com cera e tive que me adaptar a gilete e não tive maiores problemas.

Pele e Maquiagem: Meu estojo de maquiagem não faz inveja a ninguém. Não tenho a mínima paciência pra me maquiar e no meu mochilão pela Ásia nem me preocupei em levar. Meus melhores amigos eram o protetor solar e um creme básico pós-sol. 


Enfim, me libertei da maquiagem

Roupas e sapatos: Eu sou bem desapegada com roupas, e a maioria são camisetas básicas baratinhas. Sempre digo que umas leggings e uma canga servem para tudo. A minha era lençol, toalha, saída de praia, vestido, saia para entrar nos templos e até cachecol. Sou feliz com umas hawaianas e um tênis. 
Mas pra quem quiser dá um up no look viajante, eu recomendo levar vestidos levinhos, algúm acessório (que você acaba comprando de lembrança nas viagens) tipo pulseiras e colares.
A minha canga em uma das suas ações multiuso

Sobre menstruação: Parece que é um tema que pouca gente fala, mas eu acho que é extremamente necessário. Tem gente que emenda anticocepcional, tem gente que toma injeção por um ano, outras preferem levar um anel interno. O ideal é que você fale com um médico e veja o que o seu corpo aceita melhor. Eu por exemplo não posso tomar pílula e as dores menstruais são inevitáveis. Mas como levei um mini kit de medicamentos, aproveitei pra levar rémedios pra dor. Outra dica é não querer estocar absorvente. Em todos os países que visitei é possível encontrar, assim que nada de levar mais peso na mochila.



Comece desapegando e priorizando o que é mais importante na sua viagem. Eu te garanto que o brilho nos olhos de conhecer um lugar novo cada dia vai fazer você vai se sentir a mulher mais bonita do planeta.



You Might Also Like

0 comentários

Fazemos parte