Nem sempre viajar com low-cost é mais barato

00:46:00

Não, eu não fiquei maluca. Nas minhas últimas pesquisas em busca da passagem áerea perfeita, cheguei a conclusão que viajar com low-cost nem sempre é um bom negócio. Minhas últimas viagens foram com companias áereas regulares e eu economizei muito mais do que se viajasse com as famosas linhas áereas de vôos baratos.

Deixo claro que sou a favor da low-costs sempre e quando mereçam o esforço. Mas ultimamente viajar com estas companias pra mim virou uma verdadeira furada.


Pra quem não sabe eu trabalhei no Aeroporto de Barcelona durante 4 anos e presenciei muitos "podres" de certas companias. Tá bem que tem muita gente que não sabe viajar e consequentemente não está acostumada com certas restrições. Outros tem preguiça (me incluo nessa galera) de ler as letrinhas pequenas quando você contrata o serviço. Mas definitivamente algumas já estavam passando do limites. Soube a pouco tempo que a problemática Ryanair estavam revendo seus "conceitos" e tentando melhorar algumas restrições nos seus vôos. Eu sinceramente acho que foi por causa da quantidade de reclamações.

A palavra chave nesse caso sempre é pesquisar, eu perco horas comparando preços, principalmente se eu viajar com alguma mala. Geralmente as companias de baixo custo cobram por malas faturadas e geralmente isso dispara o preço.

Quando eu fui pra Fiji por exemplo, paguei mais caro pra voltar com a Jet Star do que ir com a Fiji Arways, que é a compania bandeira do país. Muito melhor, com malas incluídas, com comida a bordo e entretenimento. Ou seja...



Avião da Fiji Arways



Sem falar na comodidade de não ir apertada e sem nenhum conforto durante algumas horas.Outra coisa que eu faço muitas vezes é comprar a ida com uma compania e a volta com outra, como eu eu fiz nessa viagem a Fiji.

Pra quem viaja pela Europa, olhe bem onde fica o aeroporto que você vai aterrizar e os meios de transporte para chegar até o centro. Eu já paguei o mesmo valor em um bilhete de avião em um ônibus de um aeroporto periférico em Bruxelas para o centro. Olhe o preço do ônibus e veja se vale a pena. 
Outra coisa é a questão do horário, em algumas cidades não há ônibus durante toda a noite e se seu vôo sair as 6 da manhã e você tiver que estar no aeroporto as 4 da manhã provavelmente terá que pagar um taxi.

Outra coisa que eu levo em conta é a duração do vôo, se for um vôo de mais de três horas, você terá que comer no avião e gastará mais dinheiro . Em muitos países, como aqui na Austrália não é permitido voar com comida e muito menos bebida.

Olhe também se você é obrigado a imprimir o cartão de embarque antes de viajar. Muitas empresas low cost européias chegam a cobrar até 40 euros pela impressão do cartão.

Bom , mas nem tudo é tristeza, a Air Asia por exemplo pra mim é uma ótima low-cost. Voei com ela há alguns anos atrás pela Tailândia e achei ótima além de realmente barata.



Outro dia pesquisando passagens, acabei comprando uma com uma compania áerea boa e paguei mais barato do que em uma low-cost australiana.
Em breve quero fazer um post com as melhores e piores companias que eu já voei. 

Resumindo: Viajar com low cost exije muita pesquisa. Viajar pagando pouco é o sonho de muitos mas decepção pra outros tantos.. 



You Might Also Like

0 comentários

Fazemos parte