Motivos para amar Fiji

01:24:00

Escolher um destino para passar meu aniversário de 30 anos não foi tarefa fácil. Mas, sem dúvida, acertei em cheio. 
Fiji foi um país perfeito pra celebrar a chegada de mais um ano na minha vida e por isso, antes de preparar post com informacões úteis sobre o conjunto de ilhas que formam Fiji, antes venho dar muitos (e bons) motivos para cair de amores pelo país.
Estive 10 dias viajando por quatro das 300 ilhas que formam o arquipelágo e estes são os motivos que me fez amar-la.




O povo fijiano é amavél, alegre, simpático e feliz!

A felicidade do povo fijiano contagia. Por vários momentos me senti lisonjeada com tanta demonstração de simpatia. Simpatia que é característica principal de um povo que faz você se sentir em casa.

Eu sempre digo que um país me cativa pelo seu povo. Pode ter praias, monumentos históricos, mas se eu não me apaixonar pelo povo, um país nunca chega a ser especial para mim, e os fijianos me conquistaram.










As praias são lindas

Sinceramente depois de conhecer tantas praias pelo mundo, ás vezes penso que nunca nenhuma praia vai me surpreender, e Fiji conseguiu essa façanha. Todas, absolutamente todas as praias que estive em Fiji é de cair o queixo, Não sei se é porque eu sou apaixonada pelo mar, mas ainda consigo me supreender com a beleza de certos lugares.

Mantaray: Qualquer semelhança com um postal é coincidência

Águas com vários tons de azul em Octopus

As águas transparentes das Mamanucas

Ainda não é um lugar massificado pelo turismo

Algumas pessoas podem discordar, mas comparado com certos lugares que já fui, parece que o turismo ainda não chegou por lá. Talvez porque seja longe, talvez porque seja um destino pouco comum. Achei Fiji sem aquela parafernália toda de lugares hiper super turisticos. É fácil encontrar vilas onde vivem os moradores locais sem tanto impacto negativo que muitas vezes causa o turismo.

Mochileiros são muito bem-vindos

Você meu caro amigo mochileiro que pensa que Fiji não está preparado para a galera com o budget apertado, está enganado. A maioria dos resorts têm, a parte dos bungalôs com muitas regalias, quartos compartilhados e bungalôs baratinhos com banheiro dividido pra galera backpacker. Encontramos muitos mochileiros pelo caminho, e nós mesmos ficamos em um bungalô destes.

Nosso bungalow econômico 


A comida é deliciosa

Tive muita vontade de fazer um curso de culinária mas infelizmente a única ilha que nos proporcionava o curso não coincidia com os dias da nossa hospedagem. Mas ainda assim pude saborear muitas delícias. A base da comida fijiana é quase sempre peixe ou marisco e leite côco, alguns com uma leve dose de pimenta. Outros são acompanhados com fruta tropical.
A culinária fijiana me fez lembrar da comida baiana e talvez estes sabores da ilha foram tão especiais para mim.




É um lugar ótimo para amantes de mergulho

Amei fazer snorkel em Fiji. Cada ilha conta com grandes corais lindos e uma quantidade de peixes impressionante. Em ilhas como Mantaray você pode ter a sorte de nadar com rayas e tartarugas marinhas. Muitas ilhas também oferecem cursos de mergulho para os mais astutos e snorkel noturno.


Nossa atividade diária


O pôr-do-sol é inesquecível

Sou chata e repetitiva quando o assunto é pôr-do-sol. Minhas férias praticamente giram em torno dessa hora do dia. Simplesmente não perco por nada. Tanto em Mamancas como em Yasawas pude ver a cáida do sol de maneira espetacular. 


Sem palavras





Creio que esses já são motivos suficientes para conhecer Fiji e desfrutar-la ao máximo. Próximos posts darei dicas quentissímas para quem tem passagem marcada para esse paraíso natural!!



You Might Also Like

2 comentários

Fazemos parte