Petra- A Cidade Rosa

05:44:00

Com dois dias e meio em Amã, já estava na hora de seguir para Petra. Compramos a passagem um dia antes numa espécie de rodoviária que ficava perto do hotel. Os ônibus saem à 6hs da manha e duram em torno de 3 horas para chegar em Petra, com uma parada.


O ônibus que nos levou até Petra

Chegamos em Wad Musa, cidade onde se encontra Petra e encontramos nosso hotel bem ao lado de onde o ônibus nos tinha deixado.
Bom, aqui vem a segunda parte da nossa decepção com os hotéis da Jordânia. Chegamos ao tal hotel e percebemos que estava quase vazio. A entrada até parecia arrumadinha, mas aí o dono nos levou para o quarto e aí foi que eu pensei: "saio agora mesmo pra buscar outro hotel, mas não durmo aqui nem louca."
Aquilo parecia um refúgio da guerra do Afeganistão, não tinha uma janela sequer, e como diz a minha mãe, fazia tempo que uma não passava uma vassoura por ali.
Decidi sair por Wad Musa atrás de algum outro hotel, fomos a vários, mas Wad Musa estava lotada. Até que encontramos o Petra Inn,  muito mais caro, não muito melhor, mas pelo menos mais limpo. O melhor é que ele ficava bem na entrada de Petra, que é de agradecer depois de um dia caminhando pela cidade perdida.

Depois de discutir com o homenzinho do primeiro hotel, conseguir pegar nossas mochilas e descer ladeira abaixo pra um hotel mais limpinho. Comemos algo em uma das poucas opções que Wad Musa oferece e partimos rumo a Petra. Compramos uma entrada pra dois dias, que custou 50 JD. Como eu já disse antes, a Jordânia é cara, principalmente pra quem vem com o real, porque 1 JD custa o mesmo que 1 Euro.

Wad Musa


Entrada de Petra

Claro que não podia faltar uma lojinha do Indiana Jones

Primeira dica quem vai a Petra entre maio e outubro, que é a época mais quente: Não faça como nós e vá caminhando pela Siq ao meio dia, o calor é escaldante.
Não preciso nem dizer para levar água e sapatos velhos e cômodos, porque o caminho até O Tesouro é largo e cansativo.

Buscando uma sombra


Se prepare para o calor

Descemos o Siq maravilhados com a “Cidade Rosa” e chegamos até o famoso cenário do filme Indiana Jones
Para mim Petra é incrível. Fotos, palavras, nada é tão mágico quanto ver-la de perto.







No primeiro dia decidimos acabar nosso tour por ali tomando um chá em frente a principal atraçao de Petra.





Como tinhámos mais um dia, voltariamos e faríamos o percurso completo até chegar ao Monastério. Claro bem cedinho para não passar tanto calor.
Dia seguinte fizemos todo o caminho até o Tesouro, seguimos até o Monastério e encontramos vistas como esta no meio do caminho.






Gastamos todo o dia em Petra e visitamos cada pontinho da cidade perdida, como é chamada por muitos. Para quem não tem preparo físico, se prepare por que é um dos roteiros a pé mais cansativos que eu já fiz.



Parada pra um descanso


Mas a vista lá de cima vale muito a pena:



O Monastério

The end of the world



A guia que levamos era ótima e encontramos tudo detalhado. Cada itinerário, cada caminho que levava aos mais belos pontos de Petra.
Chegamos até o topo com uma placa que põe " Vista do Fim do Mundo". Não visualizei nenhum fim, mas sim uma vista maravilhosa.

Vista do Fim do Mundo


Descemos no comecinho da tarde, num caminho de mais pelo menos outras duas horas. Mas Petra é Petra e pedacinhos como este faz você esquecer qualquer cansaço.





Queríamos visitar Petra á noite mas infelizmente não foi possível assim que conseguimos passar o finalzinho de tarde, e finalmente se despedir de um dos cenários mais bonitos que já vimos na vida.




 

Outro dia li um artigo em uma revista que dizia que Petra está na lista de lugares pra conhecer antes de morrer. 
Não preciso nem dizer que estou totalmente de acordo.






You Might Also Like

2 comentários

  1. Olá,

    Descobri o teu blog e ao ler sobre Petra fez me recordar que quando fui, estava numa daquelas vans com uma 20 pessoas e o motorista pergunta qual o nome do nosso hotel, dizemos e ele responde que esse hotel tinha sido fechado há 1 semana, pensámos que seria esquema para nos levar para algum sitio que lhe daria comissão mas ao chegarmos ao local a verdade é que estavam 5 policias a jogar às cartas na porta e quando tentámos entrar nos disse que tinha sido fechado pelas autoridades e sem mais nenhuma explicação nos colocou a correr de lá para fora e assim em pleno sol do meio nos vimos as ter que fazer uns 3 Kms há procura de novo local para dormirmos... no final também nos correu bem pois acabámos por encontrar um hotel bem baratinho e limpo já com pequeno-almoço e mesmo à porta dos parques :)
    Beijinhos
    Andreia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá ! Obrigada pela sua visita... Pois é, nós passamos maus bocados na nossa viagem a Jordânia com os hotéis! Mas hoje em dia tento recordar das coisas boas!!!um abraço e volte mais vezes!!

      Excluir

Fazemos parte