Nosso roteiro pela Jordânia

03:44:00


      Quando decidimos ir para Jordânia todo mundo me perguntou porque tinhámos escolhido esse destino. A verdade é que vimos em um programa de televisão uma reportagem sobre espanhóis que viviam no país e gostamos tanto do que vimos que resolvemos comprar nossas passagens.
      “Você é maluca!” Foi a frase que eu mais escutei antes de viajar .


Petra estava no nosso roteiro

      Na verdade é que estavámos super indencisos, pensamos desde um pacote pro Caribe até um circuito pela Itália. Ir com um pacote all inclusive ao Caribe não faz muito o nosso estilo de viagem e pelo preço não valia a pena, e a Itália tava ali ao lado.

      Tinhámos 3 semanas para buscar dicas, reservar hoteis, buscar meios de transporte, pedir o visto e o principal: preparar o roteiro. Eu sou bem chata com isso quando tenho pouco dias, porque se tem coisa que me irrita é desperdiçar tempo por falta de planejamento. Procuramos informacões em blogs, quase nada. Não conheciamos ninguém que tinha visitado a Jordânia, fomos atrás de uma Lonely Planet e resolvemos fazer o mesmo roteiro do tal programa de televisão.


Queríamos boiar no Mar Morto

Dois dias em Amã, três em Petra, um dia e uma noite no deserto de Wad Run e dois mais em Aqaba, onde o objetivo principal era pelo menos tentar fazer snorkel nos corais do Mar Vermelho.


Wad Run

O único lugar que deixamos de fora da lista foi Jerash porque tínhamos que optar entre      ir lá ou ao Mar Morto.

      E a verdade é que esses 12 dias foram muito bem aproveitados, talvez se tivesse ficado um dia menos em Petra e tivesse ido a Jerash, não havia sido má idéia. 




Nossa primeira parada foi Amã

Primeiro de tudo foi pedir os vistos, levamos duas fotos e pagamos 18 euros e pegamos o visto no consulado em 15 minutos. Você também pode pegar o visto no aeroporto, mas se você não quiser pegar fila, pedir o visto antes é uma boa.

      Não me arrependi de ter feito esse roteiro, só tive problemas mesmo com os hotéis e com a  compania áerea, por que afinal nem tudo são flores. Problemas que vou contar em outro  post.


You Might Also Like

0 comentários

Fazemos parte