A irmã do meio das ilhas do golfo: Koh Phangan.

02:27:00

Koh Phangan já estava no nosso roteiro quando decidimos viajar para Tailândia em Outubro de 2011. O principal motivo era a Full Moon Party, claro. O que a gente não sabia é que a ilha tinha muito mais a oferecer do que só a famosa festa na beira da praia.


Chegamos em Koh Phangan cedo e corremos para dividir uma especia de taxi (na verdade era uma camionete) com mais gente. Já começamos a perceber o clima de festa com um grupo de ingleses bastante animadinhos. Os caras já saíram do barco com a mochila cheia de cerveja.
Nosso hotel ficava longe da Had Rin ( praia onde rola a Full Moon ). Mas valeu muito a pena, o lugar era perfeito pra relaxar longe da muvuca!


  Nosso Bungalow
                                         
Comemos ali mesmo na praia , aproveitamos o pôr-do-sol, alugamos uma moto e decidimos descubrir onde rolava a tal festa. Depois de mais ou menos 1 hora entre subidas, descidas e trechos sem luz, conseguimos achar a famosa Had Rin. Já vimos que o ambiente lá era muito mais animado do que onde a gente estava, a quantidade de hotéis era absurda, e comecei a duvidar que alguém pudesse passar uma noite bem dormida por ali.


Dia seguinte decidimos explorar um pouco a ilha. Como já tinhamos ido al sul, resolvemos seguir rumo ao norte que  é onde estão as melhores praias.

Uma da belas praias que encontramos pelo caminho
             
Nossa primeira parada foi Had Salad, para mim a praia mais bonita da ilha. Estava vazia ( do jeito que a gente gosta rs) e tinha uma tenda para fazer massagens (coisa bem comum pela Thai), alguns resturantes e pouca coisa mais.







Decidimos seguir com o nosso descobrimento e voltar a Had Salad para almoçar.
Mais adiante encontramos outra belezura escodinha entre os dificéis acessos por areia batida: Mae Had .



Ainda mais tranquila que Had Salad, Mae Had nos fez perceber que as praias no norte são o avesso das praias do sul: Tranquilidade total, famílias aproveitando a praia, barraquinhas de comidas típicas.
O lugar era ideal pra ver o tempo passar...





Seguimos como nossa moto rumo a Ao Chalok Lam, outra praia vazia e tranquila, só com os típicos barquinhos tailandeses e crianças brincando pelo local.




Depois de um pouco de sol e tranquilidade decidimos ir o a nossa próxima e última parada: Had Khon, mais conhecida como Coconut Beach.




Praia com bungalows baratos, ideal para quem quer fugir da agitação e passar o dia praticando snorkel.
É bem difícil o acesso em moto, mas nem preciso dizer que vale muito a pena.





A badalada Koh Phangan não é só festa e agitação. Fui felizmente surpreendida pelo que encontrei por lá.
Mesmo que você não seja muito baladeiro não deixe de colocar Koh Phangan no seu roteiro.
No próximo post vou falar da insana Full Moon Party!!!




You Might Also Like

0 comentários

Fazemos parte