A insana Full Moon Party!

03:00:00

Pense numa festa que reúne gente do mundo todo, com o corpo pintado com luzes florescentes, bebendo em baldinhos, no meio de uma praia paradisíaca na Tailândia. Pensou?
Pois esta balada existe e vem ficando cada vez mais popular. É a famosa, insana e louca Full Moon Party.



Minha época de baladeira já passou e confesso que fui a Koh Phangan só por causa da festa. Mas como já falei nesse post aqui, a ilha me surprendeu também por sua beleza.
Na nossa última noite na ilha resolvemos comprar uma camisa florescente numa das várias lojinhas de survernis espalhadas pelo porto de Tong Sala, onde desembarcam os ferrys que chegam desde outras ilhas.


Dois dias antes de começar a festa a ilha já estava lotada, e quase todas as noites rolavam baladas na praia de Had Rin, numa espécie de esquenta para o dia oficial da festa.
Ainda no caminho para chegar a praia encontramos um controle policial, que paravam os baladeiros antes de entrar na praia.
Eles não vão te colocar multa se você não levar capacete ou não tiver carteira de motorista, mas tome cuidado porque eles fazem vista gorda com relação às drogas, não leve nada que te possa trazer problemas futuros.
Tinha lido em alguns blogs que a entrada na festa era gratuita, mas tivemos que pagar uma pequena entrada de 100 baths( cerca de 2,5 euros) e ganhamos uma pulseirinha que nos permitia entrar e sair do perímetro da praia.




Aí foi só entrar no clima da festa!!





Um festival de barraquinhas vendendo todos os tipos de bebidas ( algumas de procedência duvidosa) em baldinhos típicos das festas daqui. Só tome cuidado porque UM baldinho já te deixa bem alegre!

Começando os trabalhos...
                               

Nos vários bares da praia tem música eletrônica para todos os gostos.

 Um dos bares mais animados da praia...



Muita gente também se arrisca em descer de um toboágua que faz você virar croquete na areia, e pulam cordas pegando fogo, principalmente quando os níveis de álcool já estão tão altos como a música eletrônica.

Eu não tive coragem, ou não estava bêbada o suficiente pra pular.Rsrs



Chegamos as 21hs e muita gente já estava bêbada, prepara-se pra ver coisas bizarras e outras bem divertidas!!
A meia-noite o letrero da festa é aceso e anuncia que a diversão vai até de madrugada!



Aproveitamos até as tantas da madrugada, mas não ficamos até o nascer do sol porque o nível de álcool da maioria já tinha passado dos limites e a muitos já estava dormindo ali mesmo na praia.
Voltamos pro hotel pra tentar se recuperar da bebedeira e embarcar no dia seguinte pra Bangkok.
No barco de volta á capital ainda tinha gente recém saída da festa com uma ressaca moral nas alturas. Acho que o conteúdo do baldinho não deixou muita gente se lembrar direito da festa.


Todo mundo tinha que curtir a Full Moon uma vez na vida...mas só uma! 
A melhor palavra pra definir-la é INSANAAA!!!

You Might Also Like

0 comentários

Fazemos parte